Participação do IVBAM na Prowein 2009

 

O Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, IP estará presente com um stand na feira Prowein 2009, destinada apenas a profissionais, a qual terá lugar entre os dias 29 e 31 de Março em Düsseldorf, na Alemanha.

De salientar que à semelhança dos anos anteriores, o stand Vinho Madeira contará com 27 m2 e que o sector estará presente com três empresas exportadoras de Vinho Madeira, entre elas Justino Henriques, Filhos, Lda., Henriques & Henriques e Madeira Wine Company, SA, tendo cada uma um espaço promocional próprio.

A comitiva do IVBAM presente neste evento é constituída por João Nunes, Vogal do Conselho Directivo e Nadia Meroni, Chefe da Divisão de Criação Artística.

De referir também que a promoção do Vinho Madeira neste certame será reforçada com a realização de 2 seminários sobre o tema “Colheitas Madeira” que serão proferidos pela reputada enóloga alemã e conhecedora do Vinho Madeira - Yvonne Heistermann.

A Prowein classifica-se como a principal feira de Vinhos e onde potencialmente se geram grandes oportunidades de negócio.

Na edição do ano passado estiveram representados 45 países com cerca de 3 160 expositores, tornando este evento um ponto de encontro para profissionais de todo o mundo. Contando com mais de 33.300 visitantes de cerca de 50 países e 787 jornalistas de todo o mundo relacionados com o sector.

Este certame constitui assim mais uma importante oportunidade de promover e divulgar o Vinho Madeira nos mercados de exportação, mesmo os mais tradicionais, onde é fundamental a continuidade da presença institucional e empresarial do sector.

 

A IMPORTÂNCIA DO MERCADO ALEMÃO

No ano passado o mercado alemão representou 10,67% do total de Vinho Madeira comercializado (364.653,85 litros), o que equivale a 1.213.147,91 Euros. Em valor foi o quinto mercado mais importante para o Vinho Madeira, logo depois do mercado Francês, Inglês, Americano e Português. 

O Vinho Madeira de três anos representa a principal fatia comercializada no mercado alemão (66,76%), sendo o tipo Vinho Madeira Meio Doce o mais vendido com uma percentagem de 52,80% (128.559,75 litros), seguindo-se o tipo doce com 106.827 litros.

O custo total desta acção é de cerca de 12.000,00€ e foi co-financiado em cerca de 70% por fundos comunitários, veiculados pelo Programa Intervir +, sendo o restante montante suportado pelo orçamento regional.